29 de maio de 2009

Campo de Concentração de Sachsenhausen (IV)

(Continuação da postagem anterior.)

O campo de Sachsenhausen era considerado extremamente seguro, e poucas foram as fugas que tiveram sucesso. O perímetro consistia em um muro com três metros de altura; do lado de dentro, ao lado desse muro, havia uma área patrulhada por guardas e cães. Além disso, do lado de dentro havia uma cerca elétrica, e da mesma forma que em Dachau havia a "faixa da morte", área na qual os prisioneiros não podiam estar e, caso ali estivessem, seriam fuzilados pelos guardas das torres sem nenhum aviso. "Recompensas" como um maior descanso eram oferecidos aos guardas que atiravam e matavam qualquer prisioneiro que entrasse na "zona da morte".

O muro do campo de concentração com uma de suas torres

O muro com resquícios da cerca de arame farpado no topo

Perímetro do campo principal

O muro, a cerca eletrificada e a "faixa da morte"

O muro, a cerca eletrificada e a "faixa da morte"

O muro, a cerca eletrificada e a "faixa da morte"

(Continua na próxima postagem.)

Postar um comentário