14 de junho de 2009

Varsóvia (I)

(Dados estatísticos retirados da Wikipédia.)

Varsóvia é a capital da Polônia, e também a maior cidade deste país. Tem uma população de aproximadamente 1.800.000 habitantes, sendo que na "Grande Varsóvia" a população beira os 2.800.000 habitanes. É a oitava maior cidade na União Europeia, e é conhecida como "a cidade fênix" porque foi completamente destruída durante a Segunda Guerra Mundial, e reconstruída com muito esforço logo após o conflito.

Os primeiros assentamentos na região começaram no século IX, com as vilas de Bródno e de Jazdów. Após Jazdów ter sido incendiada, um novo assentamento teve início na região chamada de "Warszowa". No começo do século XIV a vila se tornou uma das principais cidades do ducado de Masóvia, tornando-se a capital a partir de 1413. O ducado se incorporou à Coroa Polonesa em 1526. Em 1529 Varsóvia se tornou, pela primeira vez, a sede do Grande Sejm (Parlamento Polonês), e a partir de 1596 a cidade se tornou a capital da Comunidade Polonesa-Lituana.

Em 1795 Varsóvia foi anexada ao Reino da Prússia, tornando-se a capital da província da Prússia do Sul. Libertada por Napoleão em 1807, Varsóvia se tornou a capital do recém criado Ducado de Varsóvia. Após o Congresso de Viena de 1815, Varsóvia se tornou o centro da Polônia Congressista, uma monarquia constitucional sob o domínio do Império Russo.

Em 1830 houve uma revolta na Polônia devido às constantes violações russas à constituição polonesa. Entretanto, a guerra entre russos e poloneses em 1831 terminou com a vitória russa e com a diminuição extrema da pouca autonomia que o Reino já tinha. A cidade floresceu ao final do século XIX, e se tornou a capital da Polônia independente a partir de 1918.

(Continua na próxima postagem.)


Postar um comentário